Waitomo Caves

Outro bate e volta interessante que pode ser feito a partir de Rotorua (2hrs) ou Hamilton (1hr) ou Cambrigde (1hr) ou até mesmo Auckland (apesar de ser mais longe também é possível – 2h30min) é Waitomo Caves.

As Waitomo Caves são uma séries de cavernas que antigamente ficava no fundo do mar e hoje estão acima do mar, provavelmente por causa de tanto movimento geológico que aconteceu ao longos dos milhares de anos na Nova Zelândia.

Por lá é possível fazer uma série de passeios em diversas cavernas escolhemos apenas duas: Aranui caves e Glowworm Caves. Todos os guias dizem que essas são as cavernas mais bonitas para se visitar.

Entrada da Caverna Aranui

Ainda é possível fazer rapel em abismos, raftings e etc.. Mas como o frio estava muito grande resolvemos deixar para uma outra oportunidade.

Caverna Aranui – é grande e muito bonita. Lotada de estalactites (formada pelos pingamentos de água através do teto das cavernas) e estalagmites (formado pelas gostas que vão caindo no chão e continuam a precipitar sais). O legal é que você encontra um guia na entrada da caverna que vai te contando sobre a formação da caverna, como ela foi encontrada, onde tocar, onde não tocar e etc. Achei bem legal!!!

As estalactites

Só cuidado por que a maioria dos lugares você realmente não pode tocar, as cavernas são super bem preservadas e o simples toque da sua mão faz o sais reagirem e alteram as rochas de cor.

Caverna Glowworm – na verdade achei essa a mais legal!!! Os glowworms (que até agora não achei um nome para traduzir) são uma espécie de vagalumes, porém sua luz fica constatemente acessa, eles não são insetos voadores cuja cauda fica piscando. Na verdade eles são uma larva que no escuro brilham. Muito lindo!!!

Na verdade a caverna onde ficam os glowworms são bem menores e mais sem graça que a Aranui mas o que chama a atenção são os bichinhos mesmo… essas cavernas são bem escuras (isso para poder ver os bichinhos) e com uma acústica incrível, inclusive a guia disse que em datas especiais tem violinistas e etc… já pensou?! Lindo… Pena que quando eu fui não tinha. :(

Nessa hora se você olhar para o teto da caverna já vai ver uns pontinhos brilhantes, eles ficam sempre na parte mais escura. Mas aí quando você entra nos barquinhos e faz a parte aquática do passeio é incrível. Todo mundo fica em silêncio, no escuro, só olhando para o teto e vendo aquela multidão de glowworms… é simplesmente maravilhoso e só isso já vale o passeio até waitomo.

Fotos dos cartões postais (Dá para ver os pontinhos luminosos?)

A única coisa ruim é que na caverna das glowworms é proibido tirar fotos.