Chegamos em Vitória as 23:00 da noite devido ao atraso da companhia aérea e ainda tínhamos que enfrentar cerca de 1 hora de estrada até Pedra Azul.

Tratamos logo de alugar o nosso carrinho e seguir viagem, passamos pela linda e super urbanizada orla de Vitória com um céu estrelado e uma lua linda que iluminava todo o caminho. A estrada, apesar de pista simples, está em perfeitas condições.

Conforme fomos subindo a serra, o tempo bom deu lugar a neblina típica que atrapalhava um pouquinho a direção. Chegamos exatamente meia noite cansados e exaustos e lá estava a sorridente e alegre Lilia, dona da Pousada Rabo do Largarto, nos recebendo com chazinho trazido direto da Turquia (a danada é viajada que só) e biscoitinhos da região durante o nosso check in.

Pedimos que nosso jantar fosse servido no quarto e prontamente fomos atendidos. Aliás quando chegamos no quarto mais surpresas, são 17 quartos (divididos em 3 categorias diferentes) cada um com um tema e decoração diferentes mas todos com a mesma vista: a linda Pedra Azul.

Bacalhau para mim, massa para ele

Nosso quarto, apesar de não ser tão grande, tinha lareira (que logo foi acesa) na antesala e um quarto super confortável com sacada. A decoração é de super bom gosto e tudo feito para agradar o hóspede. Aliás, no próprio email da pousada diz que a missão é mimar os hóspedes e sobre isso posso dizer apenas 2 palavras: Missão Cumprida!

Nosso quarto

Nossa lareira

Apesar de já ficar bem impressionada com a pousada, quando acordamos a surpresa foi maior ainda. A vista é simplesmente magnífica, da cama já é possível avistar a linda pedra azul. Não preciso nem dizer que ficamos um tempão tirando milhares fotografias né!?

Vista da sacada do quarto

A entrada do nosso quarto: Maria Antonieta

O café da manhã então é algo a parte, não tem horário e será servido a hora que você desejar. Aconselho apenas uma coisa: Reserve bastante tempo, o café da manhã da pousada é para ser degustada com tempo, provando cada delícia da mesa e não pense que termina por aí, durante toda a refeição mimos de quitutes deliciosos chegam a sua mesa. Uma delícia!!

Tudo isso sem contar na hospitalidade da Lilia (que está sempre presente conversando com os hóspedes) e de todos os funcionários que sempre são muito simpáticos e educados.

A antesala com a vista da Pedra Azul

  1. Paula says:

    Nossa não poderia ser descrito de melhor forma… He exatamente assim! Só mais uma coisinha q vale lembra… A pousada tem um ofurô ao ar livre que vale muiiito a pena experimentar, acompanhado de um bom vinho, queijos e socol da região ! Abcs Paula Barcelos

  2. lilia mello says:

    Cris, fiquei MUITO feliz com seu blog e çom as palavras carinhosas sobre mim e sobre a pousada. Nós realmente gostamos de mimar nossos hóspedes e nossa recompensa é o reconhecimento como o seu e o do Thiago, do Rotas Capixabas. Costumo divulgar os blogs dos meus hóspedes no meu Facebook. MUUUUITO obrigada e voltem sempre à Pousada Rabo do Lagarto, que é a casa de vocês em Pedra Azul.

    • Cris says:

      Oi Lilia… obrigada pela visitinha… eu e o Filipe adoramos a pousada e, como você mesma disse, nos sentimos em casa. Com certeza voltaremos para sermos mimados de novo… hehehe..
      Um super beijo e parabéns pela pousada,
      Cris e Lipe

    • Cris says:

      Raquell… é um lugar delicioso mesmo e que poucas pessoas conhecem no Espírito Santo. Vale a pena conhecer e curtir o visual e o agroturismo da cidade. Um beijo…

Deixe um comentário para mim: