Acabamos de voltar de Barbados para o Carnaval… e vou dizer que me surpreendi.

Já falei que adoro bandeiras?? É a identidade do país!!

O povo muito comunicativo e educado… aliás educado ao extremo, até parar o carro no meio da rua para o pedestre passar (mesmo sem ter faixa) eles param… coisa de gente civilizada.

Por falar em dirigir, foi engraçado pois por lá se dirige na direita e não conseguimos achar GPS para aluguel portanto foi uma aventura e tanto… Sem falar na ausência de placas, mas isso é assunto para outro post.

País dos apaixonados pelo rum (aliás que coisa mais ruim!!), com praias e vistas divinas e que sem dúvida lhe dá méritos de ilha caribenha. Muito sol, mar, beleza e com apenas 400 km2 demos volta em praticamente a ilha toda em apenas 1 dia!!! Além do turismo e do rum, no interior se encontra muita plantação de cana de açucar e refinarias…

Brinde com Rum

A fala é de um inglês completamente britânico, as vezes até incompreensível de tão carregado e sua capital, Brigdetown, não é das mais bonitas e não tem atrativo nenhum.

Mas o forte mesmo de Barbados são as praias… e que praias!!! De cair o queixo e deixar qualquer um de boca aberta. Mar verde esmeralda, que de vez em quando se transforma em azul profundo, as águas são das mais límpidas. Incrível!!!

Crane Beach

E ainda existem para todos os gostos, se quiser praias mais calmas, no estilo baía, praias como Accra, Mullins Beach, Payne’s Beach no Oeste do país são perfeitas para você; porém se quiser praias com mais ondas e voltadas para o surf as melhor ficam do lado leste (Bathsheba, Baths entre outras…)

Portanto pegue a sua Banks (cerveja regional “bajan”) e aproveite com a gente um passeio pelas belissímas praias de Barbados.

• As primeiras impressões

Dirigindo em Barbados

Dicas de restaurantes

Bridgetown – a capital

As praias (parte I)

As praias (parte II)

•• O blog foi destaque no portal eletrônico Visite Barbados (para ver o post clique aqui)

Deixe um comentário para mim: